Insuficiência cardíaca e diabetes

Quando o coração é danificado por uma doença e perde a capacidade de bombear sangue para o corpo, o indivíduo desenvolve, por vezes, o quadro de insuficiência cardíaca (IC). Sem o sangue sendo distribuído da devida forma, o corpo não recebe oxigênio e nutrientes como deveria. Dessa forma, órgãos como pernas, pulmões e alguns tecidos podem ter acúmulo de fluidos, o que pode acarretar sintomas como: falta de ar, inchaço nos pés, pernas e abdômen, cansaço, insônia e inchaço no corpo.

Algumas doenças como infarto do miocárdio, hipertensão, doença arterial coronariana, doença cardíaca congênita podem debilitar ao coração a longo prazo. Além destas, o diabetes também pode danificar o coração e causar insuficiência cardíaca. Quando o diabetes não recebe o devido tratamento, o excesso de glicose no sangue pode danificar os vasos sanguíneos e a saúde do coração. Por isso, as chances de um diabético desenvolver insuficiência cardíaca são maiores do que a de uma pessoa saudável.

O diagnóstico de insuficiência cardíaca leva em consideração diversos fatores, como o histórico de doenças do paciente, histórico familiar e também características do estilo de vida do indivíduo – como alimentação e prática de exercícios físicos. Exames como ecocardiograma, eletrocardiograma, radiografia de tórax e teste de esforço também podem detectar a doença.

As opções de tratamento dependem do diagnóstico da doença. Alguns pacientes têm batimentos desregulados das câmaras do coração, e assim, o órgão acaba “trabalhando” mais. Neste caso, a terapia de ressincronização cardíaca é uma opção de tratamento. Em outros casos, algumas mudanças com alimentação com menos sódio, equilíbrio no nível de estresse e até mesmo o abandono do tabagismo podem auxiliar a tratar a insuficiência cardíaca. Podem ser utilizados, também, medicamentos como inibidores ECA, betabloqueadores e anticoagulantes. Por fim, se o paciente tem uma válvula demasiadamente enfraquecida, é possível que seja cogitada uma cirurgia para substituição de válvula.

O diagnóstico de insuficiência cardíaca só pode ser feito com o auxílio de um médico. A doença pode ter diversas causas, e todas elas requerem um tratamento específico. No caso de insuficiência cardíaca causada por diabetes, é importante salientar que se o diabetes for devidamente tratado e controlado, a probabilidade de enfraquecimento do órgão cardíaco diminui consideravelmente.